ALL THE BEST LOCATIONS ARE LOCATED ON THE MARGINS

19 jun. 2019

25 PLAYAS FLUVIALES MÁS CHUPIS DE PORTUGAL



As 25 praias fluviais mais bonitas de Portugal

Com milhares de quilómetros de belas praias no litoral, quem diria que há autênticos tesouros por descobrir no interior? As 25 praias fluviais mais bonitas de Portugal.
FUENTE: www.vortexmag.com

Estorãos - Ponte de Lima
Estorãos - Ponte de Lima
Pensa que pode dar uns mergulhos e desfrutar de um dia na água apenas no mar? Por todo o país existem centenas de praias fluviais, muitas delas com Bandeira Azul e preparadas para receber banhistas com excelentes condições e em locais paradisíacos. Portugal possui uma imensa rede de praias fluviais em vários rios de águas límpidas e cristalinas que em nada ficam a deve às praias oceânicas da costa litoral.
Algumas destas praias ficam em áreas protegidas e outras há que fazem parte da rede das aldeias de xisto. Seja no rio Alva ou no rio Mondego, seja na Serra da Freita ou na Serra da Lousã, parta à descoberta destes pequenos tesouros. Afinal de contas, uma praia fluvial não é menos do que uma praia de oceano. Estas são as melhores praias fluviais de Portugal.

1. Agroal – Ourém

A praia fluvial é a maior nascente do rio Nabão. Antigamente era muito procurada pelos seus supostos poderes terapêuticos, hoje enche-se de turistas e habitantes locais que só querem fugir do calor. A piscina central fica no sopé de um colina, de onde caem todos os dias cerca de dois milhões de litros de água. Só há um problema: a água tem fama de ser mesmo muito fria.


Praia Fluvial do Agroal
Praia Fluvial do Agroal

A praia fluvial tem uma área de lazer, balneários e uma cafetaria, a Cafetaria do Agroal. O espaço fica mesmo em cima da piscina da nascente e tem uma pequena esplanada. A cafeteira só está aberta durante a época balnear e tem uma pequena esplanada.

2. Malhadal – Proença-a-Nova

Na base da Serra das Corgas, bem no interior de Portugal, onde serpenteia a Ribeira da Isna (afluente do Rio Zêzere), a Praia Fluvial do Malhadal, é um óptimo local de descanso e de contacto com a natureza. Afastada de qualquer localidade, caracteriza-se por uma enorme extensão de água (cerca de 1 Km), cercada de abundante vegetação e de relevo acidentado.


malhadal
Malhadal – Proença-a-Nova

É aqui que se localiza o primeiro parque aquático fluvial da Região Centro, o Fluvifun, equipado com escorregas, trampolins e escaladas. O parque funciona entre as 10h00 e as 20h00 e os preços variam entre 1€ e 10€. Além de uma piscina fluvial na ribeira de Isna, tem disponível um bar com esplanada, casas de banho, churrasqueira, parques de merendas e muita natureza.

3. Adaúfe – Braga

Situada numa zona de grande beleza natural na margem do Rio Cávado, a Praia fluvial de Adaúfe tem uma extensão de cerca de 200 metros que inclui uma zona de areia e uma ampla área relvada, recortada por percursos pedonais acessíveis. A praia oferece condições para a prática de diversas actividades como o vólei, canoagem e desportos radicais, e excelentes infraestruturas de apoio que incluem prancha de saltos, parque de fitness e um parque de merendas com mesas e assadores.


praias fluviais
Praia Fluvial de Adaúfe

Vigiada durante a época balnear goza de uma zona com um amplo relvado para piqueniques e dispõe de espaços para a prática de desporto e o aluguer de gaivotas. Em memória de tempos passados e de outras utilizações deste espaço, ainda é possível encontrar aqui um moinho antigo e um engenho para a elevação de água e rega dos campos agrícolas adjacentes.

4. Praia Fluvial do Azibo (Macedo de Cavaleiros)

A Albufeira do Azibo avaliada como Paisagem Protegida situa-se no concelho de Macedo de Cavaleiros. Este magnífico espelho de água em comunhão com os areais e a vasta diversidade de fauna e flora acolhem duas belíssimas praias fluviais. A Praia Fluvial da Ribeira e a Praia Fluvial da Fraga da Pegada. Ambas as praias são bastante frequentadas durante toda a época balnear não só pela qualidade da água bem como da qualidade das infraestruturas de apoio.


Praia Fluvial do Azibo
Praia Fluvial do Azibo

Possui uma paisagem sem igual, de uma beleza natural fantástica, água doce e uma extensa área para apanhar banhos de sol. Em harmonia com a natureza envolvente esta Paisagem Protegida foi galardoada com Qualidade de Ouro pela Quercus. Merecedora também do prémio de Bandeira Azul possui acesso a pessoas com mobilidade reduzida. Dotada de um extenso relvado, na altura do verão são criadas zonas de sombra com chapéus de sol. Pode fazer as suas refeições no restaurante ou simplesmente aproveitar a paisagem no café. Possui casas de banhos e zona de lavabos.

5. Estorãos – Ponte de Lima

Vigiada pela Serra de Arga, junto à ponte romana do rio Estorãos e duma antiga azenha, localiza-se esta encantadora praia fluvial. Sem pretensões, convida a uma imersão romântica no seio da natureza, numa ribeira de águas límpidas povoada por trutas e lampreias. O silêncio, entrecortado apenas pelo ranger da mó nas águas da ribeira.


praias fluviais
Estorãos – Rui Videira

A Praia Fluvial de Estorãos surpreende pelo enquadramento da paisagem mas revela ser muito mais do que uma simples praia. Trata-se de um recanto muito agradável situado numa pequena, encantadora e típica aldeia do Minho. Se, depois de desfrutar das águas cristalinas desta praia lhe apetecer fazer um passeio pela aldeia, irá surpreender-se com as suas habitações típicas e as suas ruas de pedra numa harmonia já difícil de encontrar noutras paragens.

6. Loriga – Seia

Localizada no Parque Natural da Serra da Estrela, a Praia Fluvial de Loriga é um santuário para os amantes da natureza, do ambiente, da calma e da serenidade. Em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, a Praia Fluvial de Loriga está situada no Vale glaciar de Loriga, cujos vestígios ainda hoje são visíveis.


Loriga
Loriga – Rui Videira

Com águas puras e cristalinas que brotam de uma nascente na serra, esta praia está rodeada por um ambiente preservado, numa área de relevo acidentado e grande beleza natural. Num lugar de muita tranquilidade e sossego, esta praia possui boas infraestruturas de apoio, oferecendo ainda a possibilidade de praticar diversas actividades de aventura e passeios pedestres.

7. Praia do Alamal – Gavião

A Praia fluvial da Quinta do Alamal está integrada num cenário deslumbrante, nas margens do Rio Tejo. Esta praia faz parte de um complexo de lazer que para além de infraestruturas de apoio à zona balnear, inclui também um Centro de Aventura que oferece diversas actividades como rappel, slide, ou passeios de barco e canoa.


Praia Fluvial do Alamal
Praia Fluvial do Alamal

Do areal, a vista é magnífica – no topo de uma colina o castelo de Belver destaca-se nesta paisagem em que a verdura da vegetação contrasta com as águas tranquilas do Tejo. Para os que gostam de passeios e caminhadas, existe um passadiço de madeira que percorre a margem do rio entre a praia e a ponte de Belver, com excelentes pontos de observação da flora e da fauna.

8. Reconquinho – Penacova

Por entre vales e montes de Penacova, onde o rio Mondego é o anfitrião, situa-se a Praia Fluvial do Reconquinho, dotada de uma deslumbrante paisagem. Sobre as falésias é possível contemplar a beleza deste local, repleto de vegetação e águas refrescantes. Ao descer a colina encontra uma ponte de madeira. Esta ponte é a ligação aos percursos pedestres que se situam à volta do rio Mondego. Explore melhor o local fazendo esses percursos para um melhor conhecimento sobre a área. A paisagem pode ainda melhorar se passear de canoa sobre as águas deste rio, contemplando o seu redor fascinante.


Reconquinho
Reconquinho – Penacova

Ideal para passar um dia quente de verão, onde o seu extenso areal convida a estender a toalha. Galardoada com Bandeira Azul, possui um café/restaurante como infraestrutura de apoio, campo de futebol e parque de estacionamento. Pode fazer um piquenique em família na zona destinada a esse efeito. As crianças podem aproveitar o seu dia a brincar no rio ou no parque infantil. É uma praia acessível e possui vigilância de nadador salvador.

9. Vimieiro – Penacova

A praia situa-se em pleno Rio Alva, já próximo da sua foz. De águas cristalinas e rodeada de verde luxuriante, a Praia Fluvial do Vimieiro proporciona a tranquilidade e descanso necessário. Na encosta da praia encontramos um conjunto de casas edificadas em xisto, assim como um moinho de água e uma roda de rio que proporcionam ao local um ambiente pitoresco e acolhedor.


Vimieiro
Vimieiro – Penacova

Inserida no complexo das aldeias do Xisto, a praia do Vimieiro é o lugar ideal para todos os que pretendam um contacto pleno com a natureza. A praia tem bandeira azul e possui vigilância em época balnear. Também é possível alugar espreguiçadeiras, toldos e barcos sem motor para passear no rio. Existe um bar de apoio e instalações sanitárias.

10. Foz d’ Égua – Piódão

Na serra do Açor, nas proximidades da aldeia do Piódão e após percorridos 8 Km através de Estrada, encontramos Foz D´Égua em que as Ribeiras de Piódão e Chãs D´Égua, se encontram e seu percurso se trava por uma represa, criando um espelho de água e contribuindo para um local paradisíaco em plena Verão. Ainda a jusante o encontro da ribeira do Torno.


Foz d'Égua
Foz d’Égua – Rui Videira

O local possui uma beleza natural, que o enquadramento das duas pontes existentes, a proximidade de dois moinhos em xistos, um lagar e os blocos de pedras talhadas pela corrente das ribeiras, permite a utilização turística por muitos. O perfil da zona envolvente ao espelho de água é pouco acidentada, pois resulta da ligação das ribeiras, o mesmo não se poderá dizer em relação aos acessos pedonais, que são bastante acidentados, ligando a estada à praia por socalcos que se transpõem com pequenas escadas em xisto.

11. Fraga da Pena – Arganil

É em plena Mata da Margaraça, inserida na Área Protegida da Serra do Açor, que se esconde a Fraga da Pena, um local privilegiado de encontro com a natureza. Um cenário idílico onde a água abre caminho por entre a vegetação e a superfície xistosa, e se despenha numa majestosa cascata com mais de 20 metros.


Fraga da Pena
Fraga da Pena

Uma extraordinária maravilha natural que permanece intocável pelo Homem e onde impera uma impressionante serenidade apenas interrompida pelo som da água e do chilrear dos pássaros. Originadas por um acidente geológico, as quedas de água que se escondem por entre aquele conjunto florístico de elevado interesse, constituem um recanto paradisíaco que se destaca pela sua autenticidade e frescura.

12. Valeta – Arcos de Valdevez

Situada dentro do perímetro urbano da sede do concelho, esta zona balnear é muito procurada como espaço de lazer e recreio. Espaço agradável, localizado no decorrer do curso do rio Vez, com um extenso areal com águas calma e limpas, área relvada e arborizada, criando zonas de excelente sombra e fruição.


praia fluvial da valeta
Valeta – Arcos de Valdevez

Dispõe de várias infraestruturas de apoio, tais como sanitários, vigilância e bar com esplanada; nos meses de Julho e Agosto existe uma estrutura de cariz cultural, intitulada “Biblioteca do Rio”, um espaço pensado para aproximar as pessoas dos livros e da leitura durante a época balnear. A Praia da Valeta possui a classificação de água de excelente qualidade e compatível para a prática balnear, controlada regularmente pela Autoridade de Saúde.

13. Louçainha – Penela

Adaptada das represas naturais da ribeira da Azenha, a Praia Fluvial da Louçainha é motivo de orgulho das gentes do concelho de Penela. Escondido entre a serra do Espinhal, o espaço balnear tem quase lotação esgotada nos meses de verão. A qualidade das águas, os excelentes equipamentos fluviais e a preocupação ambiental têm-lhe valido a atribuição regular da Bandeira Azul, que exibe a par da classificação de Praia Acessível.


Praia Fluvial de Louçainha
Praia Fluvial de Louçainha

Excepto na zona reservada às crianças, a profundidade da área balnear, que na parte da prancha de mergulho ultrapassa os três metros, transforma-se no lugar ideal para a natação. Neste refúgio fluvial em plena montanha, existe também um restaurante/bar com vista panorâmica.

14. Praia Fluvial da Cascata da Cabreia (Sever do Vouga)

Situada no concelho de Sever do Vouga, esta queda de água tem uma altura de 25 metros. Alimentada pelo rio Mau, toda a cascata é formada por várias irregularidades. No cimo desta queda, as rochas são maioritariamente graníticas pelo que resistem à erosão mas, à medida que esta desce, a sua formação é maioritariamente de xisto o que origina uma maior erosão. Envolvida numa vasta vegetação, a Cascata da Cabreia proporciona a quem a visita verdadeiros momentos de tranquilidade.


cascata da cabreia
Cascata da Cabreia

O guardião deste local sem dúvida que é o Melro-d’Água onde as suas crias aprendem a nadar mesmo antes de conseguirem voar. Aproveite para explorar um pouco mais estas fragas da Serra da Cabreia e visite o Parque da Cabreia. Este parque tem excelentes acessos e permite admirar a encantadora paisagem sobre a cascata assim como toda a sua biodiversidade envolvente. Perto deste local encontra um parque de merendas para que possa aproveitar as refeições em família ou entre amigos.

15. Praia Fluvial do Poço Corga (Castanheira de Pêra)

A Praia Fluvial do Poço Corga proporciona ao visitante a tranquilidade e serenidade necessárias para renovar forças e deliciar o corpo e o espírito. As paisagens bucólicas, que misturam o verde da Serra da Lousã com o azul do céu, o colorido das flores e o chilrear dos pássaros, propiciam um contacto pleno com a natureza.


Praia Fluvial do Poço Corga
Praia Fluvial do Poço Corga

Nos terrenos anexos à praia, um esplêndido carvalhal centenário oferece as indispensáveis sombras a um parque de merendas e o Museu “Lagar do Corga”, antigo lagar movido a energia hidráulica, recorda aos visitantes como os nossos antepassados produziam o azeite. A qualidade da água, o acesso pedonal, as rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, as instalações sanitárias adaptadas e com acesso facilitado, o serviço de primeiros socorros com nadador-salvador, durante a época balnear, são algumas das mais-valias oferecidas por esta praia.

16. Praia Fluvial de Monsaraz

A Praia Fluvial de Monsaraz está situada no Centro Náutico de Monsaraz, inserida na albufeira de Alqueva. É a primeira praia do Grande Lago Alqueva e foi inaugurada em Junho de 2017. Galardoada com a bandeira azul, recebeu também as classificações de Praia Acessível (acesso para pessoas com mobilidade condicionada) e Praia Saudável (normas de segurança e de qualidade do ambiente).


Praia Fluvial de Monsaraz
Praia Fluvial de Monsaraz

O espelho de água oferece uma piscina de 100 metros quadrados integrada numa estrutura flutuante, com solário, dividida em piscina infantil e adulta. A frente de praia tem 120 metros de extensão. O Centro Náutico disponibiliza bar/restaurante, parque infantil, zona de merendas, ancoradouro e rampa para acesso dos barcos à água.

17. Praia Fluvial da Ribeira da Venda

Integrada num importante complexo de lazer, gerida pela Câmara Municipal do Gavião e localizada a cerca de 1 Km da aldeia da Comenda (a 70 Km de Espanha), a praia fluvial Ribeira da Venda, com águas de nascente, surpreende os visitantes pela frescura dos pelos espaços verdes, repletos de árvores frondosas e relva, bem como pelas diversas pontes que cruzam o local, em especial a antiga ponte de arcos romanos.


Praia Fluvial da Ribeira da Venda
Praia Fluvial da Ribeira da Venda

A Praia Fluvial da Ribeira da Venda, dispõe de diversas infra-estruturas, nomeadamente o parque de merendas com churrasqueiras , o snackbar/restaurante com extensa esplanada (Bar da Ribeira da Venda), parque infantil, piscina para crianças, circuito de manutenção, pista de skate, balneários e açude.

18. Praia Fluvial Pego das Pias

É a norte da Freguesia de S. Salvador, entre S. Luís e Odemira que se situa um local de beleza extrema, a Praia Fluvial Pego das Pias. Isolada entre rochas e sem intervenção humana é a atracção natural da região, motivando a visita de muitos amantes da natureza.


Praia Fluvial Pego das Pias
Praia Fluvial Pego das Pias

A origem do nome está nas cavidades circulares da rocha. Estas foram provocadas por redemoinhos que existiam na altura em que o nível das águas era superior ao actual. Essa força associada ao declive da zona deu origem às cavidades que são as chamadas pias. Este é um local onde pode usufruir de um dia tranquilo e relaxante junto da sua família ou convidar os seus amigos e partirem à descoberta dos tesouros perdidos.

19. Praia Fluvial de Mourão

Inaugurada no dia 17 de Julho de 2017, a Praia Fluvial de Mourão surge com a promessa de um Alentejo interior melhor, e mais dinâmico. Sendo a maior praia fluvial da Barragem do Alqueva promete diversão, bons momentos e um dia bem passado no meio da natureza. Esta maravilha está localizada no concelho de Mourão, distrito de Évora, ali mesmo junto à fronteira com Espanha. Além de toda a beleza natural que esta região tem para nos oferecer surge agora mais este ponto de interesse.


Praia Fluvial de Mourão
Praia Fluvial de Mourão

Mais um exemplo de bom aproveitamento do “projecto Alqueva”, é nas margens desta grande albufeira que está instalada esta infraestrutura. Contando com uma extensão total de 320 metros de areal é, até agora, a maior praia fluvial do Alqueva. Parte integrante agora da praia é o Parque de Merendas já ali construído anteriormente. A ligação entre ambas as infraestruturas é feita por um passadiço de madeira que abrilhanta ainda mais o local.

20. Praia Fluvial da Portagem (Marvão)

O principal atractivo do aprazível espaço do Centro de Lazer da Portagem são as suas piscinas, especialmente procuradas nos dias quentes de verão, não só por portugueses, mas também por inúmeros espanhóis. Com uma vista magnífica para o castelo de Marvão, este complexo é composto por três piscinas exteriores com balneários (duas para adultos e outra para crianças), sendo que uma é fluvial situada no leito do rio Sever.

21. Praia Fluvial da Senhora da Piedade (Lousã)

Localizada na ribeira de S. João, em plena Serra da Lousã, a Praia Fluvial da Senhora da Piedade insere-se num cenário de incrível beleza natural. O Castelo da Lousã recebe os visitantes deixando adivinhar a chegada a um espaço aprazível e cheio de recantos que proporcionam momentos de descanso e paz. O xisto é uma presença permanente. Tudo à volta da praia é em xisto, incluindo a prancha de mergulho, com aproximadamente 1,75 metros de altura.


locais para visitar na serra da Lousã
Praia Fluvial da Senhora da Piedade

Existe uma piscina natural menos profunda para que as crianças se refresquem e possam brincar à vontade. Apresenta ainda todas as condições de acesso a pessoas com mobilidade reduzida. Este espaço balnear tem um bar com esplanada com uma vista fantástica sobre a serra e as Ermidas de Nossa Senhora da Piedade. Estão ainda disponíveis balneários com chuveiro e casas de banho. Durante a época balnear, a praia é vigiada por um nadador-salvador com posto de primeiros socorros. A Praia Fluvial da Senhora da Piedade tem Bandeira Azul e é classificada como Praia Acessível.

22. Fragas de São Simão (Figueiró dos Vinhos)

A praia fica a 15 minutos a pé (pelo percurso pedestre) da Aldeia de Casal de São Simão. A água da ribeira de Alge, que passa a caminho do Zêzere, é tão límpida que se vislumbram as pequenas pedras, no seu interior. A abundância de loureiros e sobreiros proporciona ao ar uma fragrância reconfortante e o verde das serras circundantes, que nos conduzem à serra da Lousã, envolvem-nos num cenário belíssimo.


Fragas de São Simão
Fragas de São Simão

No local, existe um miradouro para que se possa usufruir em plenitude das paisagens da zona. A praia fluvial fica entre duas imponentes fragas, onde é praticada escalada com diversas vias equipadas, rappel ou slide. As pedras mais “pequenas” são usadas como solário ou prancha de mergulho. Ao caminhar para sul, ao lado da praia, encontram-se várias levadas e mantos da flora original da região. De 1 a 31 de Agosto, há transporte gratuito à tarde, a partir de Figueiró dos Vinhos.

23. Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros

A praia fluvial de Lapa dos Dinheiros está em plena comunhão com a natureza. Localizada na ribeira da Caniça, um afluente da margem direita do rio Alva, esta zona de banhos enquadra-se numa paisagem de montanha, dominada pelo souto da Lapa e imponentes afloramentos graníticos. Com um espelho de água límpida, muito apetecível a banhos, a praia ostenta o galardão de praia acessível e tem vigilância.


Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros
Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros

O relevo acidentado do vale faz com que a ribeira forme, nas imediações, uma sucessão de pequenas cascatas. Também o souto da Lapa, para além do conjunto valioso de castanheiros centenários, alberga uma biodiversidade elevada. Partindo da ponte, um caminho pedonal dá acesso ao buraco da Moura e a um miradouro sobre as quedas de água da Caniça. O buraco da Moura constitui um sistema cavernícola natural originado pelo deslizamento e acumulação de grandes blocos graníticos, que formaram um complexo sistema de salas e galerias.

24. Praia fluvial de Unhais da Serra (Covilhã)

Uma praia fluvial recente, mas inserida numa localidade de longos anos, Unhais da Serra. No concelho da Covilhã, mais concretamente na freguesia de Unhais da Serra, em plena encosta da Serra da Estrela, numa nascente serrana, nasceu em 2010 a praia fluvial de Unhais. Inserida entre hotéis e restaurantes de luxo, e ornamentada pela variadíssima vegetação e paisagem que a serra mais alta de Portugal continental lhe concede, esta praia tem ao seu dispor tudo o que necessita.


Praia Fluvial de Unhais da Serra
Praia Fluvial de Unhais da Serra

As infraestruturas são de alta qualidade, com um bar moderno, WC’s renovados, relva bem verde para que possa esticar a toalha e aproveitar o bom tempo, bem como campo de jogos para que as crianças não se aborreçam. A praia tem cerca de 2 hectares de relva e possui 2 estancas, proporcionando aos que a procuram um ambiente de paz e lazer, ar puro e água fresca.

25. Praia fluvial do Pego (Penha Garcia – Idanha-a-Nova)

Com águas da barragem de Penha Garcia, que conserva na sua represa parte do caudal do rio Ponsul, o açude do Pego foi limitado por alguns muros de pedra. A Praia Fluvial de Pego ausente de algumas infraestruturas que caracterizam uma praia fluvial é compensada pela excelente qualidade da água e por uma paisagem tão imponente como as rochas que as sustêm. Há quem a apelide como piscina natural, há quem lhe chame de praia fluvial.


Praia fluvial do Pego
Praia fluvial do Pego

Contudo, a denominação pouco interessa quando nos depararmos com uma pequena queda de água entre as “montanhas” ao lado da Rota dos Fósseis de Penha Garcia. O Percurso Pedestre Rota dos Fósseis (PR3/3KM), que nos transporta por um dos mais mais impressionantes geomonumentos do Geopark Naturtejo e pelo centro desta aldeia, merecendo uma paragem na galeria Frágua Bar. Apesar de pequena e quase só conhecida pelos seus conterrâneos, o Pego é um local que, por toda a sua envolvente, vale a pena descobrir.


Praia Fluvial da Portagem
Praia Fluvial da Portagem

Esta é um dos ex libris do concelho de Marvão, recentemente requalificada, dispõe neste momento de relva numa das suas margens e inúmeras mesas e bancos nas suas imediações para que os banhistas possam passar agradáveis dias de Verão no seio das suas famílias ou amigos. O Centro de Lazer é ainda composto por um anfiteatro, um polidesportivo, especialmente vocacionado para a prática de ténis e futsal, por um parque infantil, restaurante/bar, bem como um parque bio saudável localizado por detrás das bancadas do polidesportivo onde tem disponível para prática do exercício físico os patins duplos, o elevador, a massagem, os bancos de abdominais, a balança dupla e as barras.

MÚSICA EN DIRECTO EN LA TV PÚBLICA DE PORTUGAL


LA RTP PORTUGUESA JUNTO CON ANTENA 3 APUESTAN POR LA MÚSICA BUENA Y EN DIRECTO... IGUALITO QUE TVE CON OT, A3 CON LA VOZ, Y DEMÁS MIERDERS...



eléctrico

En este episodio los Capitão Fausto están frente a frente con Luís Severo.

Domingos Coimbra (bajista), Francisco Ferreira (teclista), Manuel Palha (guitarrista y teclista), Salvador Seabra (baterista) y Tomás Wallenstein (vocalista, guitarrista y teclista) son los Capitão Fausto. Tras estrenarse en 2011 con sus disco titulado Gazela, la banda de Alvalade edita, en 2019, A Invenção do Dia Claro, su cuarto disco de originales, que presentan aquí en el programa. Severo compone desde 2009 - cuando era conocido como O Cão da Morte en la página de MySpace. La madrurez le dio más confianza, y su nombre: Luís Severo, el arte y el ingenio para convertirse en un brillante artesano de canciones, como se confirma en O Sol Voltou - su tercer disco.

CRAIG OF THE CREEK: PAZOS DIBUJOS ANIMADOS



https://craigofthecreek.fandom.com/wiki/Season_1

La nueva serie de dibujos de la Cartoon Network titulada “Craig of the Creek”, en el que un grupo de chavales liderados por Craig y sus amigos (Kelsey y J.P.) pasan una serie de aventuras y peripecias en su vecindario (y con sus respectivas familias). Creado por los mismos que hicieron “Steven Universe”, pero este show cuenta con una banda sonora original del inefable y maravilloso Jeff Rosenstock. En un post escrito en su Instagram, el cantante y compositor reveló que escribió y compuso casi dos horas de nueva música para la serie. Viendo las secuencias de los créditos iniciales y finales de “Craig of the Creek” uno ya se percata de que el estilo Rosentockniano lo impregna todo... y a mí me flipa !!!

Pazo enganche que tengo a la serie !!!